quarta-feira, março 26, 2003

Os Vereadores do Rio de Janeiro, ou os 'Merdeadores daquele pulgueiro" passaram a tarde de hoje, gastando os recursos públicos para aprovar uma moção declarando G. W. Bush "persona non grata" naquele pulgueiro, digo, no Rio de Janeiro.
Nelson Rodrigues tinha a razão quando antecipava que os 'cretinos fundamentais' eventualmente assumiriam o poder.

quinta-feira, janeiro 09, 2003

A Lima da Pérsia - Em sua reposta de 12 de dezembro de 2002, Rafael Lima escreve um divertido caminhão de bobagens e absurdos. Talvez o maior de todos tenha sido a cara de pau de comparar a Bélgica ao "Uruguai, o Zimbábue, o Piauí, Aracaju, Bornéu ou o Quirguistão". Sem dúvida, uma afronta irreparável aos países supra citados.
Tenho certeza de que os corpos diplomáticos dessas nações, se é que elas possuem um, já devem estar providenciando a sua prisão e extradição.
Lima será açoitado 126 vezes em praça pública em cada um desses países, com exceção somente do Uruguai, onde ele será submetido a uma partida de futebol com a seleção da casa.
Sua única alternativa será alegar insanidade mental. Isso não será difícil para um cidadão que se põe em defesa da escória belga.

quinta-feira, dezembro 12, 2002

McNAmara denuncia: A prefeita de São Paulo está acumulando cargos, além de ter a tarefa de governar a maior cidade da América do Sul, ela agora também está atuando como "papagaio de pirata" do presidente eleito o Lula. Ela está empoleirada no tentáculo, digo, ombro de Lula em todas as aparições do eleito. Até a Washington, a perua, digo, papagaia foi. Não há justificativa para isto.
Até quando vamos insistir em eleger o animais para tomar conta do zoológico?
Se não bastasse pagar impostos$$ para manter figuras como os traficantes Fernandinho Beiramar e Mike Tor abrigados e alimentados, agora teremos que pagar R$2.400,00 de auxílio moradia para os deputados estaduais de SP. É, parece que a sina do brasileiro é ser "Amélia" e trabalhar duro para sustentar malandro.
A IMG - Indústria do Mau Gosto, ataca São Paulo de novo: se não bastasse terem coberto a Oca com um enorme pano chapiscado e borrado de tinta, construiram agora um cone hediondo de natal ao lado do obelisco. Assim como sucede com a música, que quanto mais insuportável mais longa é, a aberração é enorme, fora de proporção, tacanha e cercada por chafarizes ridículos.
Esta obra alcança 9 na escala do mau gosto só perdendo para o botox da Marta.
Aliás, proponho isenção do IPTU 2003 para quem mora na região e está diáriamente exposto a esta monstrusidade.

quinta-feira, dezembro 05, 2002

Deu no Rádio - "Indefinição de Lula causa Tensão pré-ministerial". Pois é, em tempos de Lula o Brasil sofre até de TPM.
Este Blog apoia vigorosamente a cobrança extra da taxa de recolhimento de lixo em São Paulo desde que a vaca da Marta e sua corja sejam os primeiros a ser recolhidos ao aterrro.

quarta-feira, novembro 27, 2002

Querido Papai Noel:

Salvador foi um ótimo menino o ano inteiro.
Tratou com cortezia os velhos, com respeito, os adultos, com bondade, os pobres e com muito carinho, as mulheres.
Fez a lição de casa em casa, cumpriu os prazos, cortou as unhas e aparou a barba.
Não rezou mas também não blasfemou além do necessário.
Assim sendo, ó querido Papai Noel, Salvador só tem um pedido a fazer neste Natal.
Ele quer todos os Belgas do mundo!!!

PS: Se o senhor fizer com que todos caibam dentro do seu saco, não precisa nem entregar, tá?

Com carinho,

Salvador
Viva o cinema mudo - Após ouvir a respeito de toda a polêmica em torno da novela das 8 da Globo envolvendo roteirista sem inspiração, atores sem talento e diretores sem vergonha, resolvi dar uma olhada. E devo confessar que a “Esperança” superou minhas expectativas.
Liguei a TV e me deparei com a sequência intrigante de um enterro. Parnasianismo puro, quase dez minutos de imagem e música sem nenhum diálogo . Genial!
Enterrado o difunto, começou o purgatório. Um diálogo entre um casal, imigrante de de Marte a julgar pelo sotaque, que transcrevo a seguir na íntegra:
“Má io penso assí, cara mía”
“Tú pensa assí, caro mío?”
“Sí, io penso assí, cara mía.”
“Ah, então... tú pensa assí caro mío”
“Echo... ío penso assí.”
Teletubies de adulto, não?
No entanto, acho que as críticas ao telefolhetim são exageradas.
O propósito desta forma de comunicação é qualidade? Deixe prá lá.
O que eu acho que o benedito e toda a corja do cabidão da Globo alcançaram com esta novela é maravilhoso.
A “Esperança”, com toda a sua falta de assunto, interesse e talento, recuperou a real vocação da novela.
Enquanto assistia ao episódio, arrumei três álbuns de fotografia que precisavam de cantoneiras, reconferi dois canhotos de cheques, fiz minha lista de Natal e cortei as unhas do pé com uma atenção imperturbável.
Lembrei de minha doce avó tricotando a coleção outono inverno da família na frente da TV.
Se a Globo continuar intencionalmente ou não fazendo novelas cada vez mais mudas eu serei “o maior noveleiro da paróquia”.

quarta-feira, novembro 20, 2002

Rafael Lima insiste na defesa dos belgas:

"Já passou dos limites!!!
Mais uma vez o Sr. Salvador McNamara volta com aquela sua incomprensível arenga contra os belgas, contrapondo meus argumentos anteriores, com os seus, abaixo reproduzidos, tal como ele fez, em corpo proporcional à importância:
"... . .. ..... ... . ...
..... .. . .. .. .... .
. ..... .. .... . ... ..
.. ... ... . ..... . ..."
É claro que para poder lê-los, será preciso no mínimo de um monitor de 25" com configuração adequada para ver placa de carro em foto de satélite. Bom, isso não importa; os tempos de glória belgas não cessaram nem esmorecereceu seu ânimo criativo e disponibilidade inventiva; o senhor mesmo, sr. McNamara, reconhece a obra-prima que foi a invenção do waffle, ou melhor, do gauffre, esse, insubstituível e à prova de imitações, sejam elas neioiorquinas, sejam elas daquele povinho entojado, o francês.
É sobretudo insultuosa a afirmação de que os belgas são "turistinhas sexuais de baixa performance", dado que, segundo os últimos relatórios da ONU, é da Bélgica a maior parte do público frequentador dos red light districts holandeses, particularmente o famoso bairro de Amsterdam -- isso porque em praticamente todas as grandes cidades belgas há um logradouro assim, o que os habilita ao título de garanhões dos países baixos. Não é à toa que Victor Hugo foi morar da Groot Markt, também queria usufruir desta fama...
Também é falsa a idéia apontado por ele de que a Bélgica não existe, baseada em fatos tão absurdos como os que afirmavam que a Inglaterra não existia (W. Shakespeare), ou mesmo, para não irmos muito longe, que Salvador (Bahia) não existia...
Não temos o direito de ignorar a solene presença de tão nobre nação, cujo cosmopolitismo e agradável clima o fizeram perfeita para abrigar a capital da Comunidade Européia, palco das maiores decisões internacionais tomadas hoje. A própria fidalguia do povo belga pôde ser comprovada na última copa do mundo, pela dignidade com que sua seleção de futebol tomou uma sova da do Brasil. Por fim, declaro que não tenho nenhuma ascendência belga na minha genealogia, de modo que caracterize essa defesa como absolutamente imparcial, austera e iluminada pela lanterna de Diógenes em busca da verdade, como toda argumentação intelectual deve ser. Tenho dito."



Ora bolas Lima, vamos de trás para frente:
Antes de mais nada verifique o óleo da lamparina que roubou de Diógenes, pois
só com uma lamparina bem fraquinha uma pessoa aparentemente capaz e
relativamente sã poderia sair na defesa da aberração biológica conhecida
como "o belga".
Aliás, verifique novamente a sua genealogia, pois o parentesco também
explicaria seu desatino. Cheque se algum ancestral seu, por acaso, morreu
por linchamento, 'over-dose' de xarope ou afogado na própria baba. Esses são
fortes indícios de belgianidade.
Pesquisas mais profundas revelam que o waffle é definitivamente Novaiorquino
e a marafona belga morreu de sífilis (outra causa mortem muito comum entre
os belgas).
Você esqueceu, no entanto, de uma outra invenção atribuída ao """gênio
belga""":
O Bilboquet, aquele brinquedo muito popular na virada do século passado que
consiste de uma bola de madeira com um furo ligada por um barbante a uma
haste de madeira.
O curioso é que segundo uma passagem do livro do renomado sociólogo,
historiador e jornalista François Maltie: "Bélgica, pra quê?", o bilboquet
foi concebido pelo ""inventor belga"" Rufius Lambermonte como instrumento de
tortura e auto-flagelo pois a população local, incapaz de fazer a bola
encaixar na haste, invariavelmente acertava-a na testa.
Diz Maltie: "... ao acertarem a pesada esfera de madeira na fronte, os
belgiers emitiam um ruído estridente e incômodo que era conhecido como a
risada belga. Esses energúmenos belgas..." (Maltie, F., 2002)
Com relação ao desempenho sexual desta espécie, o primeiro testemunho
positivo neste sentido é o seu. Novamente muito suspeito.
Resumindo, caro Lima: compreendo que o estágio tecnológico avançado em que a
humanidade se encontra, proporciona a vários terrestres contemporâneos a
possibilidade de se dedicar aos assuntos mais fúteis e desprovidos de
sentido. Mas, francamente, dentre todas as opções lúdicas, todos os
divertimentos banais oferecidos pelo grande parque de diversões planetário,
por que defender os belgas? Logo os belgas? Os pioneiros da degradação
humana, a parte mais baixa da âncora, o grão mais fundo do saco, enfim, o
elo perdido entre a bactéria e a planária, por que?
Como percebo que você é um rapazola engajadinho e repleto de energia para
desperdiçar, sugiro a seguir uma lista de outras causas muito mais nobres a
perseguir:
Luta pelo direito ao voto das marmotas;
Integração do Zimbabue à Comunidade Européia;
Reconhecimento do casamento consangüíneo entre anões albinos homossexuais, ou
não;
Reintegração das capitanias hereditárias à coroa portuguesa;
Abolição da escravatura no mundo playmobil.
Agora é com você, jovem Lima!
Escolha uma bandeira e "a la lucha compañero"!!!

quinta-feira, outubro 31, 2002

Infelizmente, a arte de contar piadas é inversamente proporcional à ânsia de contá-las.
Uma provável explicação para a repugnância causada pelos tipos de origem belga é apresentada pelo companheiro Lyle Zapato no site: "BELGIUM DOESN'T EXIST!" (A Bélgica não Existe). Lyle, mais novo aliado do nosso Movimento de Estirpação de belgas, apresenta fatos estarrecedores que denunciam uma conspiração de proporções históricas com o intuito de nos fazer crer que existe um tal país chamado Bélgica. Lorota pura.
Ainda segundo nosso valoroso colega, a história do famoso chocolate, dos diamantes e das "couvezinhas de bruxelas" (tão apreciadas quanto Lima da Pérsia), não passam de puro engodo.
De onde viriam então estas formas degradantes de vidas que aprendemos a chamar de belgas?
Seriam ETs? Bem, eles lembram um bocado os 'cone heads', não é?
Talvez sejam 'chupa-cabras' transgênicos.
De qualquer forma, precisamos erradicálos do país.
Seja bom, suma com um belga hoje mesmo!

sábado, outubro 26, 2002

Hoje, 26 de outubro de 2002, véspera do segundo turno das eleições, um curioso fenômeno intrigou aqueles que ousam erguer a cabeça e encarar o céu.
Sob o azul celeste um branco rastro de avião a jato desenhava claramente um gigantesco ponto de interrogação sobre São Paulo.
Ironia, coincidência, presságio?
Parecia que Deus, essa estranha mistura de Ingmar Bergman com Tiririca, havia marcado a emblemática cidade reconhecendo que, a partir de amanhã, nem ele sabe o que vai dar.
Boa sorte a todos. Inclusive para você, ensimesmado aí em cima.

sexta-feira, outubro 25, 2002

Este blog e seus milhões de leitores espalhados pela galáxia parabenizam FDR pelo seu aniversário natalício!
Parabéns FDR! Que você viva para ver um mundo livre de belgas!
Central de Besteirol Noticioso:
Volto a SP de viagem e, mal alcanço a marginal, sintonizo a CBN na esperança de me atualizar depois de uma semana de abençoada alienação.
Manchetes de assuntos aparentemente importantes são despejadas numa profusão verborrágica de assustar, complicando até mesmo a absorção subliminar.
Bombas aqui, índices ali, tropas acolá, toda a geo-política do mundo em 15 centésimos de segundo.
De repente o rítmo muda. A pressa acaba e Heródoto Barbeiro tem todo o tempo do mundo para o seu "bate papo informal" com Artur Xexéo e Carlos Heitor Cony.
O assunto do dia: Ray Coniff!!
Genial! 5 ou 10 minutos, que pareciam horas, sobre a arte da música de elevador.
As opniões contundentes de Cony e Xexéo, como sempre, causaram a mesma sonolência que a música de Coniff.
Terminada a chatice, ouvi estarrecido a próxima carga de Barbeiro, que estava com a macaca.
Desta vez eu marquei, 6 minutos sobre "Pinochio - il filme" (Pinóquio - o filme).
Quem queria saber da camapanha eleitoral, descobria que Begnini estava sendo aclamado em toda a Itália por: "Pinochio - il filme".
A barbeiragem continuaria não tivesse a transmissão da CBN sido subitamente interrompida e substituída por um reconfortante silêncio apenas interrompido pelo som da minha própria voz balbuciando: "- vá pentear macaco, Barbeiro!"

quarta-feira, outubro 23, 2002

Caros leitores, os sr. Rafael Lima , em seu blog Na cara do Gol se manifestou sobre a nossa Campanha de Eliminação de Belgas como transcrevo a seguir num corpo de letra proporcional à relevância.
Em seguida, leiam nossa réplica:

"Protesto
Quero informar que, a partir desta data, este blog está em protesto contra a infame campanha de difamação dos belgas promovida pelo senhor Salvador McNamara. Não pudemos escutar calados os insultos dirigidos contra um povo que nos deu Brueguel (o velho e os filhos), Memlim, Hyeronimus Bosch, Victor Hugo e Magritte. Não podemos suportar calados a torrente de ignomínias e afirmações cretinas contra o cordial povo belga. No que depender de nós, continuaremos a defender o país que deu ao mundo as batatas fritas, o chocolate Leonidas e a cerveja trapista. E tenho dito. 18.10.02 "


Bom Rafael, quase compreendo sua indignação, é claro que os belgas, assim como diversos povos ao longo da história, já viveram seus tempos de glória.
Parece até que, no ápice de seu desenvolvimento, foram capazes de presentear o mundo com sua obra mestra: a invenção do waffle! (se bem que corre em Nova Iorque o boato de que o waffle foi inventado lá, em 1902 por Joseph Baker e só foi batizado: “belgian waffle” em homenagem a uma famosa marafona belga que vivia no Brooklin e cedia favores a Baker em troca de seus brioches).
Porém, como dizem, “quem vive de passado é realejo”.
Não podemos absolver os belgas contemporâneos, bufões ignorantes e imundos, turistinhas sexuais de baixa performance, superfilisteus da nova era, enfim objeto de nossa campanha, com base num passado distante de conquistas duvidosas ou simplesmente por que Victor Hugo mudou seu domicílio eleitoral.
Os belgas de hoje representam a quintescência do eurotrash e são os porta-vozes do mau gosto e da vulgaridade internacional. E o pior é que vêm se instalando em grandes concentrações aqui no Brasil, terra já tão judiada pela canalhice.
Seria a mesma coisa que, por conta de Omar Khayyam , Malba Tahan e Ali-Babá ou por causa do homus, da esfiha e do arak agora fazermos vistas grossas ao Bin Laden e seus cabeças de toalha, não é?
Sei que estou na vanguarda ao denunciar e promover a correção desta aberração migratória e, portanto é natural que minhas declarações sejam chamadas de cretinas por mentes mais suscetíveis.
Aliás, depois de suas atenciosas observações, o GEBA (Grupo de Eliminação de Belgas Atrozes) deve apontar a lupa para sua árvore genealógica. Você tem um pezinho lá, por acaso? Cuidado!

quarta-feira, outubro 16, 2002

Queremos agradecer ao Instituto de Biologia que nos escreveu solicitando belgas para substituir os seus ratos de laboratório. No entanto, sentimos informar que nossos testes revelaram que belgas não alcançam os índices de desenvolvimento requeridos para as atividades realizadas por seus graciosos camundongos.
Asssim sendo aproveitamos para anunciar que passaremos a fornecer belgas para as indústrias de cosméticos desejosas em substituir os pobres cãezinhos empregados na produção de sabão.
Sugestão para a Garotinha:
Ao invés de gastar com a reforma do Bangú 01, obrigue os traficantes psicopatas a prestar serviço comunitário substituindo os motoristas dos ônibus metropolitanos do Rio.
Garanto que o trânsito da cidade vai melhorar.
Atenção, um grupo numeroso de cariocas não mais deve ser denominado uma "galera".
A partir de hoje, passa-se a chamar "garotada".
Promovemos na últimaa semana, uma implacável caçada aos belgas e os números são animadores.
32 capturados;
06 encurralados e
14 mortos a petelecos.
Os 32 capturados já foram deportados.
O curioso no entanto é que um engano burocrático fez com que fossem enviados para a Argentina.
Após quinze segundos de deliberações, com pausa para o cafezinho, resolvemos que não vamos corrigir este erro.

sexta-feira, outubro 04, 2002

Crítica do filme "The Bad and the Beautifull" ou, como os velhinos malucos que vivem na 5ª Avenida, NY inventando traduções estapafúrdias para títulos preferem chamar: "Assim Estava Escrito" dirigido por Vincente Minelli. Aqui vai a minha crítica: - Assistam a este filme!!!
A democracia prova sua debilidade quando nos obriga a aturar figuras abomináveis como tony garotinho.

quinta-feira, outubro 03, 2002

Muita gente se choca ao ver fotos de caetano veloso de mãos dadas com acm.
Ora bolas, se alguma coisa faz sentido neste país de absurdos é justamente esta foto.
Na verdade dizem que acm pretende adquirir caetano como criado. Espero que criado mudo!
Novo Movimento - Em meio à moda de tantos movimentos e ONGs, fundo aqui neste Blog o MSS.
Movimento dos Sem Saco.
Nós do MSS declaramos solenemente que não temos saco para:
Campanha eleitoral;
malufs, quércias, toninhos, garotinhos e tantos outros;
Voto obrigatório;
Traficantes, corruptos e hipócritas;
Belgas, (é claro);
A vulgaridade injustificável de nossas classes supostamente mais esclarecidas;
caetano veloso;
A vulgaridade justificável de nossas classes supostamente menos esclarecidas...
Sem Saco ainda para:
Jô Soares;
Cabeças de toalha;
Agroboys, Pitboys, Playboys, Petshopboys, enfim, qualquer coisa associada a boys;
Impostos;
multas;
taxas;
condomínio;
fezes caninas na calçada;
eu já disse: belgas?
publiciotários;
burocratas;
Sem saco para a "elite" cultural deste país, que é a mais perfeita expressão do "Jeca" provinciano;
A lista é grande. Quase infinita.
Em breve, os estimados leitores poderão se engajar nos movimentos revolucionários lançados neste Blog.
Aguarde.
Nosso grito de guerra:
"Viva o MSS! Que saco!!
Belga é brega!

quarta-feira, outubro 02, 2002

O secretário de insegurança do Rio disse que "pelas estatísticas" o dia do toque de recolher imposto pelo tráfico foi um dos menos violentos do ano.
Muito bem, então basta seguir as orientações da galerinha do morro que fica tudo bem.
O que o secretário da insegurança nos deixa ver claramente é que, no Rio, governo paralelo é o dele.
A população sabe a quem respeitar e que leis obedecer, isso, na prática, vale mais que a farsa de direito representada pelo governo estadual.
Enquanto isso, Benedita diz que não vai se intimidar. Meio tarde para isso, não?
A campanha continua: Você já surrou um belga hoje?
Tá esperando o quê!!!
CIA - Semana passada, em Havana, Fidel Castro (el comandante en jefe) abriu a feira cubano americana de agropecuária, ou coisa do gênero, saboreando um milk shake de chocolate e quase abocanhando um belo cheese burger. O burger ficou na saudade por recomendação médica.
O estimado leitor lembra das tentativas de assassinato e da lendária história dos charutos envenenados?
Pois é, que burrice, bastava, em vez de embargar Cuba todos estes anos ter, ao contrário, enviado remessas constantes de junk food.
À base de chedar e bacon, o barbudão já teria empacotado faz tempo.
"Viva la revolución, viva la salsa especial!"
Domingo é o dia! Lula parece que vai conquistar a presidência no primeiro turno!!
E aí, todos de passaporte em dia?

quinta-feira, setembro 26, 2002

O mais recente hiato observado neste blog, já famoso por suas escusas de hiatos, deve-se ao boato de que Bill Gates estaria vindo para uma visita ao país. Como os leitores já sabem, esta notícia causa o mesmo efeito em McNamara que em Bush se soubesse que Osama planeja passar férias de verão na Disneylândia. “Run for your lives!!”
A salvo do perigo, Salvador pode voltar a nos intrigar com suas opniões nada convencionais.

A Bélgica – Uma das missões deste blog é denunciar o surgimento da pior praga do mundo moderno: “A proliferação de belgas” e combater sua presença de todas as maneiras. Apesar de não estarmos vinculados a grupos extremistas como o: “Morte a Tintin” ou o “Queimem Bruxelas”, prometemos ser ainda mais extremistas.

Nosso primeiro argumento vem ilustrado a seguir por uma canção atribuída a ninguém mais que William Shakespeare. Segundo nossa fonte, William a teria escrito exatamente no seu 24° aniversário, em 23 de abril de 1588, bem no meio do período de sua vida conhecido como “Anos Perdidos”:

“Este charco infecto de odor abominável,
Propício quiçá a proliferação de cogumelos,
Pedaço de lama a todos lamentável
É curiosamente habitado por energúmenos,
Planície infértil e fedorenta,
Centro magnético dos patifes do mundo.
Com estranho fervor a freqüenta,
Uma estranha gente que ninguém mais agüenta.
Com sorrisos estúpidos e bocas banguelas,
Espírito vulgar e moral indigente,
Cruzaram países, errante essa gente,
E, que despropósito, fundaram Bruxelas.
Que o bom Deus e a Rainha desta ilha esplêndida,
Espadas levantem ante tal ignomínia,
E com força divina e tenaz persistência,
Nos livrem de vez desses cara de fuinha.”

Bem, se esta canção foi realmente escrita por ele, neste período, podemos passar a chamar esta fase do “bardo” de “Anos Muito Bem Aproveitados!”

“The Blue Planet” – Sem dúvida nenhuma uma das melhores séries de documentários já produzidos pela BBC, que significa dizer, uma das melhores séries de documentários já produzidos, “The Blue Planet” traz as mais impressionantes, mais belas, intrigantes e bem captadas imagens subaquáticas que alguém já viu.
Tudo isso amarrado por uma excelente edição, que faz os filmes de Jacques Cousteau merecerem o apelido de soníferos. Para os amantes das profundezas, os interessados, ou simplesmente aqueles que estão lendo este blog, “The Blue Planet” é um mergulho imperdível.

“The Blue Planet” e os Belgas – Em um de seus episódios vemos as implacáveis orcas caçando focas no litoral sul da Argentina. Eu sei o que estão pensando: “lá a coisa tá feia até pra foca”. Além da tremenda ousadia que faz essas baleias quase encalharem na praia para pegar suas presas, a caça ainda consiste de um ritual macabro e desconcertante. Já há milhas distantes da costa, as orcas brincam de frescobol com as pobres focas agonizantes! Terrível,não?
Agora, imagine um belga no lugar da foca... hummmm!

A gerência – Em breve o blog “Os Suspiros de Salvador” contará com um espaço para comentários. Vá preparando suas piadas sobre belgas ou marmotas!

quinta-feira, setembro 19, 2002

O Mau Gosto - François Maltie descreve, em diversos estudos, os efeitos nefastos da Indústria do Caos nas nossas vidas. Pois bem, permitam-me comentar a existência de outro segmento que não conhece crise no Brasil: "A Indústria do Mau Gosto".
Basta viver neste país e sair à rua pelo menos meia hora por semana para ser exposto ao vuklgar, ao bizarro, ao hediondo, ao esquisito e sobre tudo, ao campeão de vendas: o brega!
Esta semana IMG se superou: a capa da Veja trazendo um extreme close up do traficante fernandinho beira-mar é no mínimo para se torcer o nariz.
Se já não bastasse termos que aturar este psicopata, com nome de michê do baixo Gávea, monopolizando os noticiários e nos lembrando quem manda auqi, agora temos que admirar sua cara de macaco nas bancas e outdoors. Parabéns Veja, parabéns IMG, ao invés de Gisele Bündchen, Bëra-mar na cabeça!!!

quarta-feira, setembro 18, 2002

Ótimas novas vêm explicar e desculpar o considerável hiato a que os leitores deste blog foram submetidos.
Deixemos que Salvador explique:

"Ilustríssimos e insistentes leitores, peço perdão pelo sumiço e explico suas razões. Após a terrível experiência a que fui submetido semanas atrás, desenvolvi, não um quadro, e sim uma galeria patológica praticamente irreversível. Não entrarei em detalhes pois os editores deste blog já foram atenciosos e indiscretos o bastante para mantê-los informados sobe as peculiaridades do meu estado.
O importante é que depois de duas muito bem sucedidas cirurgias, me recupero a todo o vapor.
Para os hipocondríacos, aqui vai o resumo de minha saga:
primeiro estive em minha querida e sofrida Habana onde, num procedimento revolucionário, tive todo meu aparelho digestivo substituído por tubos, conexões e mangueiras de alumínio: adeus definitivo à azia.
Fidel quis me visitar mas eu não estava de bom humor e mandei que deixasse a caixa de Cohibas na recepção do hospital El Morro.
Depois de algumas confusões na alfândega, cheguei, dia 11 ao MIT nos Estados Unidos onde troquei o hemisfério direito do meu cérebro por uma super-mother board com o experimental "Pentium 5000 Golden edition with sugar on top". O boot foi doloroso mas acho que deu tudo certo.
Devo estar novo em folha em um mês ou dez. E os únicos efeitos colaterais esperados são: um forte som metálico de trompete quando eu arrotar e possíveis ataques de convulsões quando exposto a uma foto do Bill Gates.
No mais, tudo bem, espero poder continuar contando com a lealdade e amizade do meu leitor e agradeço a todos que enviaram telegramas cantados enquanto eu estava em coma.
E aproveito o momento para lançar um novo movimento a partir deste blog e pedir o vosso engajamento:
"Morte aos belgas!"
O movimento será mais detalhado em breve. No momento, preciso dar atenção a Suzan, minha enfermeira californiana (ex-Melrose Place, ex-Baywatch) e sua encantadora esponja morna. Até breve!"

sexta-feira, setembro 06, 2002

Este pode ser um suspiro ou delírio, mas achamos tão oportuno que resolvemos publicar: "- Precisamos empalar o turco na Praça da Sé, precisamos alimentar o molequinho com sua própria língua, precisamos enfiar o dedo perdido no rabo do Polvo , precisamos cravar uma picareta na Serra Pelada, precisamos ver a mulher do Picareta pelada, precisamos de dois pares de meias novas, iogurte integral e cigarros sem filtro."
Suspiro: Um dia a bela Patrícia Pillar vai ao ar no horário gratuito de propaganda política e expõe sua encantadora figura para defender a mala do maridão e, quem sabe, lhe angariar votos femininos e masculinos, por que não?
No dia seguinte, a besta do maridão dá uma coletiva à imprensa: "- A função da minha mulher é muito importante... é a de dormir comigo!"
Com essa feliz colocação, Ciro, não só conseguiu perder os votos conquistados pela patroa, como também deve ter dormido no sofá aquela noite.
Entre um surto aqui a uma magnésia bisurada ali, Salvador McNamara vai dando o ar da graça nos brindando com seus gracejos. Mantemo-nos fiéis ao voto de transmitir estes que podem ser os últimos suspiro de Salvador McNamara...
Em meio aos seus surtos de constipação, Salvador parece ter alcançado poderes extra sensoriais. Esta semana, no meio da tarde, se exaltou. A princípio parecia estar asistindo a um jogo de futebol, (estranho pois McNamara odeia futebol), torcia intensamente e, num instante, rompeu em lágrimas como se tivesse perdido o campeonato: "- Quase, quase... por tão pouco!!!", chorava o infeliz. OBS.: O horário do surto coincide com a pane no jatinho de Salim Maluf.
Boletim médico: Salvador está sofrendo de amnésia intestinal e constipação cerebral média mas ainda resiste bravamente e encontra forças para manter a lucidez. Segundo o prórprio, o exercício diário de procurar permanecer lúcido vivendo no Brasil o ajuda muito.

quinta-feira, setembro 05, 2002

Como estes podem ser os últimos suspiros de Salvador McNamara este blog se compromete a transmitir cada balbuceio deste velho guerreiro rabugento que sempre dedicou a vida a iluminar o mundo, atacar o bom humor gratuito: "...pelo menos saiba do que está rindo, otário!" e combater o mal gosto em todas as suas formas de manifestação.
Continuamos orando em silêncio pela sua recuperação e, enquanto não somos atendidos, juramos não deixar que nenhuma pérola do pensador se perca! Longa vida a Salvador!!!!!
Atenção: a entrevista de Jean Lagostin com Salvador McNamara sobre a epopéia: Almoço de Domingo no Grupo Sergio de Pirituba teve que ser adiada por tempo indeterminado, por motivos psico-gástricos.
Salvador está internado, recebendo doses maciças de magnésia bisurada e terapia ocupacional. Os médicos acreditam que apenas um milagre o curará dos nefastos efeitos do trauma.
Ao que tudo indica, o choque da experiência fez comk que, de alguma forma, o estômago de Salvador e seu cérebro trocassem de lugar. De acordo com o médico, Sílvio Chaconnell, "-Esta é uma reação rara de auto-defesa anatômica e é muita sorte Salvador não ter coração. Se tivesse, as consequências seriam ainda mais dramáticas."
Esperamos mais informações sobre o estado de falta-de-saúde de salvador em breve. Fique conectado!!

segunda-feira, setembro 02, 2002

Não Percam!!
Quarta feira, dia 04/09 neste Blog: Uma impressionante e exclusiva entrevista com Salvador McNamara sobre sua trágica experiência!!!
Salvador contará como sobreviveu a um: Almoço de Domingo no Grupo Sergio de Pirituba.
Uma história terrível, impressionante e sem nenhum sex-appeal!!!
OBS: Esta entrevista não é aconselhável para pessoas com problemas gástricos, ou que já tenham tido giárdias.
(Programa de milhagens): "A aproximadamente 20 mil pés de altitude a
aeromoça acorda o passageiro da classe econômica: '- Senhor, por gentileza
queira me acompanhar.' Intrigado, o passageiro pergunta '- Algum problema?'
'- Não senhor, é que o crédito de milhas do seu cartão de afinidade se
esgota em exatamente 20 milhas, queira, por gentileza, vestir este
pára-quedas e obrigado por escolher nossa companhia..."
(Debate Eleitoral - uma festa da democracia): Sobre a metamorfose de Lula -
"O Brasil ainda não quer o Lula. Até o Lula sabe disso!!"
Caetano Veloso lançou o CD: "Não Peço Desculpas" - Afinal, já seria tarde demais mesmo.

domingo, agosto 25, 2002

Na Veja da semana passada, Paula Lavigne declarou que prefere trocar o pneu do carro enquanto o maridão (C. Veloso) escreve poesias. Seria melhor que o pneu escrevesse os poemas enquanto ela trocava de marido.
Para Olavão e outros – O conhecimento filosófico deve ser algo muito precioso. Não é a toa que todo aquele que entende a ponto de se tornar professor faz tudo o possível para que ninguém mais entenda.

O Pop – A banda conhecida como “O Rappa” está mudando o nome para “O Alvo”.

Sartreanagem – A existência de Garotinho é prova irrefutável da desistência de Deus.

Oscar – Basta assistir aos dois filmes: “Monster’s Ball” e “Training Day” para comprovar que 2002 foi a edição ‘Uncle Tom’ do prêmio da academia. Em “Monster’s Ball”, Halle Berry (melhor atriz coadjuvante) é responsável por uma das cenas mais constrangedoras da história do cinema. Sua imitação de bêbada supera em incompetência a célebre Heleninha Reutman vivida, ou zumbida, por Reneta Sorrah numa novela das 8. Contracenando com Billy Bob Thorton, que tem uma performance estupenda neste filme, Halle só aparece quando tira a roupa.
Em “Training Day” Denzel Washington é divertido, mas só.
Comparada a sua atuação em “Johnny Q” como pai desesperado e armado, seu papel como um ‘cana’ safado em “TD” não passa de ‘micagem’ mas, para não ser politicamente incorreto, ‘micagem da boa’.