quinta-feira, outubro 31, 2002

Infelizmente, a arte de contar piadas é inversamente proporcional à ânsia de contá-las.
Uma provável explicação para a repugnância causada pelos tipos de origem belga é apresentada pelo companheiro Lyle Zapato no site: "BELGIUM DOESN'T EXIST!" (A Bélgica não Existe). Lyle, mais novo aliado do nosso Movimento de Estirpação de belgas, apresenta fatos estarrecedores que denunciam uma conspiração de proporções históricas com o intuito de nos fazer crer que existe um tal país chamado Bélgica. Lorota pura.
Ainda segundo nosso valoroso colega, a história do famoso chocolate, dos diamantes e das "couvezinhas de bruxelas" (tão apreciadas quanto Lima da Pérsia), não passam de puro engodo.
De onde viriam então estas formas degradantes de vidas que aprendemos a chamar de belgas?
Seriam ETs? Bem, eles lembram um bocado os 'cone heads', não é?
Talvez sejam 'chupa-cabras' transgênicos.
De qualquer forma, precisamos erradicálos do país.
Seja bom, suma com um belga hoje mesmo!

sábado, outubro 26, 2002

Hoje, 26 de outubro de 2002, véspera do segundo turno das eleições, um curioso fenômeno intrigou aqueles que ousam erguer a cabeça e encarar o céu.
Sob o azul celeste um branco rastro de avião a jato desenhava claramente um gigantesco ponto de interrogação sobre São Paulo.
Ironia, coincidência, presságio?
Parecia que Deus, essa estranha mistura de Ingmar Bergman com Tiririca, havia marcado a emblemática cidade reconhecendo que, a partir de amanhã, nem ele sabe o que vai dar.
Boa sorte a todos. Inclusive para você, ensimesmado aí em cima.

sexta-feira, outubro 25, 2002

Este blog e seus milhões de leitores espalhados pela galáxia parabenizam FDR pelo seu aniversário natalício!
Parabéns FDR! Que você viva para ver um mundo livre de belgas!
Central de Besteirol Noticioso:
Volto a SP de viagem e, mal alcanço a marginal, sintonizo a CBN na esperança de me atualizar depois de uma semana de abençoada alienação.
Manchetes de assuntos aparentemente importantes são despejadas numa profusão verborrágica de assustar, complicando até mesmo a absorção subliminar.
Bombas aqui, índices ali, tropas acolá, toda a geo-política do mundo em 15 centésimos de segundo.
De repente o rítmo muda. A pressa acaba e Heródoto Barbeiro tem todo o tempo do mundo para o seu "bate papo informal" com Artur Xexéo e Carlos Heitor Cony.
O assunto do dia: Ray Coniff!!
Genial! 5 ou 10 minutos, que pareciam horas, sobre a arte da música de elevador.
As opniões contundentes de Cony e Xexéo, como sempre, causaram a mesma sonolência que a música de Coniff.
Terminada a chatice, ouvi estarrecido a próxima carga de Barbeiro, que estava com a macaca.
Desta vez eu marquei, 6 minutos sobre "Pinochio - il filme" (Pinóquio - o filme).
Quem queria saber da camapanha eleitoral, descobria que Begnini estava sendo aclamado em toda a Itália por: "Pinochio - il filme".
A barbeiragem continuaria não tivesse a transmissão da CBN sido subitamente interrompida e substituída por um reconfortante silêncio apenas interrompido pelo som da minha própria voz balbuciando: "- vá pentear macaco, Barbeiro!"

quarta-feira, outubro 23, 2002

Caros leitores, os sr. Rafael Lima , em seu blog Na cara do Gol se manifestou sobre a nossa Campanha de Eliminação de Belgas como transcrevo a seguir num corpo de letra proporcional à relevância.
Em seguida, leiam nossa réplica:

"Protesto
Quero informar que, a partir desta data, este blog está em protesto contra a infame campanha de difamação dos belgas promovida pelo senhor Salvador McNamara. Não pudemos escutar calados os insultos dirigidos contra um povo que nos deu Brueguel (o velho e os filhos), Memlim, Hyeronimus Bosch, Victor Hugo e Magritte. Não podemos suportar calados a torrente de ignomínias e afirmações cretinas contra o cordial povo belga. No que depender de nós, continuaremos a defender o país que deu ao mundo as batatas fritas, o chocolate Leonidas e a cerveja trapista. E tenho dito. 18.10.02 "


Bom Rafael, quase compreendo sua indignação, é claro que os belgas, assim como diversos povos ao longo da história, já viveram seus tempos de glória.
Parece até que, no ápice de seu desenvolvimento, foram capazes de presentear o mundo com sua obra mestra: a invenção do waffle! (se bem que corre em Nova Iorque o boato de que o waffle foi inventado lá, em 1902 por Joseph Baker e só foi batizado: “belgian waffle” em homenagem a uma famosa marafona belga que vivia no Brooklin e cedia favores a Baker em troca de seus brioches).
Porém, como dizem, “quem vive de passado é realejo”.
Não podemos absolver os belgas contemporâneos, bufões ignorantes e imundos, turistinhas sexuais de baixa performance, superfilisteus da nova era, enfim objeto de nossa campanha, com base num passado distante de conquistas duvidosas ou simplesmente por que Victor Hugo mudou seu domicílio eleitoral.
Os belgas de hoje representam a quintescência do eurotrash e são os porta-vozes do mau gosto e da vulgaridade internacional. E o pior é que vêm se instalando em grandes concentrações aqui no Brasil, terra já tão judiada pela canalhice.
Seria a mesma coisa que, por conta de Omar Khayyam , Malba Tahan e Ali-Babá ou por causa do homus, da esfiha e do arak agora fazermos vistas grossas ao Bin Laden e seus cabeças de toalha, não é?
Sei que estou na vanguarda ao denunciar e promover a correção desta aberração migratória e, portanto é natural que minhas declarações sejam chamadas de cretinas por mentes mais suscetíveis.
Aliás, depois de suas atenciosas observações, o GEBA (Grupo de Eliminação de Belgas Atrozes) deve apontar a lupa para sua árvore genealógica. Você tem um pezinho lá, por acaso? Cuidado!

quarta-feira, outubro 16, 2002

Queremos agradecer ao Instituto de Biologia que nos escreveu solicitando belgas para substituir os seus ratos de laboratório. No entanto, sentimos informar que nossos testes revelaram que belgas não alcançam os índices de desenvolvimento requeridos para as atividades realizadas por seus graciosos camundongos.
Asssim sendo aproveitamos para anunciar que passaremos a fornecer belgas para as indústrias de cosméticos desejosas em substituir os pobres cãezinhos empregados na produção de sabão.
Sugestão para a Garotinha:
Ao invés de gastar com a reforma do Bangú 01, obrigue os traficantes psicopatas a prestar serviço comunitário substituindo os motoristas dos ônibus metropolitanos do Rio.
Garanto que o trânsito da cidade vai melhorar.
Atenção, um grupo numeroso de cariocas não mais deve ser denominado uma "galera".
A partir de hoje, passa-se a chamar "garotada".
Promovemos na últimaa semana, uma implacável caçada aos belgas e os números são animadores.
32 capturados;
06 encurralados e
14 mortos a petelecos.
Os 32 capturados já foram deportados.
O curioso no entanto é que um engano burocrático fez com que fossem enviados para a Argentina.
Após quinze segundos de deliberações, com pausa para o cafezinho, resolvemos que não vamos corrigir este erro.

sexta-feira, outubro 04, 2002

Crítica do filme "The Bad and the Beautifull" ou, como os velhinos malucos que vivem na 5ª Avenida, NY inventando traduções estapafúrdias para títulos preferem chamar: "Assim Estava Escrito" dirigido por Vincente Minelli. Aqui vai a minha crítica: - Assistam a este filme!!!
A democracia prova sua debilidade quando nos obriga a aturar figuras abomináveis como tony garotinho.

quinta-feira, outubro 03, 2002

Muita gente se choca ao ver fotos de caetano veloso de mãos dadas com acm.
Ora bolas, se alguma coisa faz sentido neste país de absurdos é justamente esta foto.
Na verdade dizem que acm pretende adquirir caetano como criado. Espero que criado mudo!
Novo Movimento - Em meio à moda de tantos movimentos e ONGs, fundo aqui neste Blog o MSS.
Movimento dos Sem Saco.
Nós do MSS declaramos solenemente que não temos saco para:
Campanha eleitoral;
malufs, quércias, toninhos, garotinhos e tantos outros;
Voto obrigatório;
Traficantes, corruptos e hipócritas;
Belgas, (é claro);
A vulgaridade injustificável de nossas classes supostamente mais esclarecidas;
caetano veloso;
A vulgaridade justificável de nossas classes supostamente menos esclarecidas...
Sem Saco ainda para:
Jô Soares;
Cabeças de toalha;
Agroboys, Pitboys, Playboys, Petshopboys, enfim, qualquer coisa associada a boys;
Impostos;
multas;
taxas;
condomínio;
fezes caninas na calçada;
eu já disse: belgas?
publiciotários;
burocratas;
Sem saco para a "elite" cultural deste país, que é a mais perfeita expressão do "Jeca" provinciano;
A lista é grande. Quase infinita.
Em breve, os estimados leitores poderão se engajar nos movimentos revolucionários lançados neste Blog.
Aguarde.
Nosso grito de guerra:
"Viva o MSS! Que saco!!
Belga é brega!

quarta-feira, outubro 02, 2002

O secretário de insegurança do Rio disse que "pelas estatísticas" o dia do toque de recolher imposto pelo tráfico foi um dos menos violentos do ano.
Muito bem, então basta seguir as orientações da galerinha do morro que fica tudo bem.
O que o secretário da insegurança nos deixa ver claramente é que, no Rio, governo paralelo é o dele.
A população sabe a quem respeitar e que leis obedecer, isso, na prática, vale mais que a farsa de direito representada pelo governo estadual.
Enquanto isso, Benedita diz que não vai se intimidar. Meio tarde para isso, não?
A campanha continua: Você já surrou um belga hoje?
Tá esperando o quê!!!
CIA - Semana passada, em Havana, Fidel Castro (el comandante en jefe) abriu a feira cubano americana de agropecuária, ou coisa do gênero, saboreando um milk shake de chocolate e quase abocanhando um belo cheese burger. O burger ficou na saudade por recomendação médica.
O estimado leitor lembra das tentativas de assassinato e da lendária história dos charutos envenenados?
Pois é, que burrice, bastava, em vez de embargar Cuba todos estes anos ter, ao contrário, enviado remessas constantes de junk food.
À base de chedar e bacon, o barbudão já teria empacotado faz tempo.
"Viva la revolución, viva la salsa especial!"
Domingo é o dia! Lula parece que vai conquistar a presidência no primeiro turno!!
E aí, todos de passaporte em dia?